sexta-feira, 5 de junho de 2009

QUADRILHA DE SÃO JOÃO




Quadrilha...
· Caminho da festa:

os pares seguem atrás dos noivos, ini­ciando a dança e parando em determinado momento no centro terreiro.Anariê (do francês en arrière, para trás): as damas e os cavalheiros se separam (4 metros, aproximadamente), formando duas colunas.


· Os cavalheiros cumprimentam as damas:

eles se aproximam das damas, cumprimentando-as. Flexionam o tronco, mantendo a cabeça erguida, e voltam a seus lugares, caminhando de costas.


· As damas cumprimentam os cavalheiros:

elas repetem a evolução dos cavalheiros.Saudação geral: tanto as damas como os cavalheiros andam para a frente e, quando se encontram, cumprimentam-se.


· “Balancê” e “tur” (balanceio e giro):
damas e cavalheiros fazem o passo no lugar, balançando os braços naturalmente, e giram dançando juntos.

· Grande passeio:
as damas colocam-se à direita dos cavalheiros e os dois dão-se os braços. Do lado de fora o outro braço continua balanceando ao longo do corpo. Formam um círculo e seguem dançando. Quando o marcador anuncia nova evolução, a progressão cessa e os participantes fazem o que foi ordenado.

· “Changê” de damas (trocar de damas):
no grande passeio, os cavalheiros avançam e colocam-se ao lado da dama imediatamente à frente. Se for dito “mais uma vez”, repetem o movimento. Os comandos “passar duas” e “passar quatro” também são executados pelo cavalheiro.

· Olha o túnel:
os noivos, que estão na frente, param e elevam os braços internos para cima e, de mãos dadas, fazem o ­túnel. O segundo par flexiona o tronco, passa pelo túnel, coloca-se à frente dos noivos e eleva os braços, e assim sucessivamente, até que todos passem. Executa-se o passo no lugar durante essa evolução.

· Segue o passeio:
é a voz de comando para que o grande passeio continue.
· Caminho da roça:
as fileiras de damas e cavalheiros fundem-se, formando uma só coluna. O primeiro segura, com as mãos à altura dos ombros, as mãos de quem está atrás. Os demais colocam as mãos nos ombros de quem está à sua frente. A coluna progride, fazendo curvas para um lado e para outro, como se fosse uma serpente. O marcador da quadrilha continua dando voz de comando.

· Olha a chuva!: todos dão meia-volta.

· Já passou!: todos dão meia-volta novamente dizendo “ehh!”.

· Olha a cobra!:
as damas gritam e pulam, os cavalheiros procuram segurá-las em seus braços.

· É mentira!:
os “caipiras” ou “ matutos” continuam o passo e gritam “uhh!”.

· A ponte quebrou!:
todos dão meia-volta novamente.

· Já consertou!: voltam a dançar no outro sentido.

· Olha o caracol!: em coluna e com as mãos ainda sobre os ombros de quem está à frente, todos obedecem às ordens do marcador, que começará a descrever um percurso cheio de curvas que fazem lembrar o casco de um ca­racol.
Quando o marcador disser “desvirar”, o guia deverá fazer as curvas em sentido contrário, voltando a dançar em linha reta.

· Formar a grande roda:
os participantes da quadrilha dão as mãos formando uma grande roda e, ao ouvir a voz de comando “à direita”, “à esquerda”, deverão se deslocar no sentido determinado pelo marcador.

· Damas ao centro: as damas formam uma roda no centro e deslocam-se no sentido indicado pelo marcador.

· Coroa de rosas:
os cavalheiros, de mãos dadas, erguem os braços na vertical sobre a cabeça das damas, como se as coroassem, depois abaixam os braços passando-os pela frente, até a altura da cintura das damas, contornando-as. Fazem o passo no lugar durante a coroação.
Depois podem deslocar-se “à direita” e “à esquerda”.

· Coroa de espinhos: nesse momento, são as damas quem elevam os braços sobre a cabeça dos cavalheiros, coroando-os.

· Olha o grande passeio!: repetem a formação descrita anteriormente.Vai começar o grande baile.

· Olha a valsa dos noivos!: os noivos entram no centro da roda e dançam juntos.

· Olha os padrinhos!: os padrinhos dançam no centro da roda.

· Baile geral!:
todos os pares dançam no centro da roda.O grande baile está acabando.

· Vamos nos despedir do pessoal!: todos executam a evolução do grande baile e se retiram do centro do terreiro, despedindo-se das pessoas que estão assistindo.

8 comentários:

  1. olá Sandra!
    obrigada pela visita!
    Quanto ao blog da tia fabiola, espreite aqui http://ritiiiiinha.blogspot.com/2009/05/bloguinho-da-tia-fabiola.html
    ela modificou o endereço sem querer e alguém aproveitou-se disso... :( se puder divulgue!
    Beijinhos do baú da ritiiiiinha!

    ResponderExcluir
  2. Parabéns SANDRA!

    M A R A V I L H O S O !!!!!!! Amei de paixão.
    Vamos TENTAR fazer uma quadrilha com nossos alunos, "emprestando" tua coreografia.
    Um GRANDE abraço e sucessos miiiil
    Teresinha Maria Thomas

    ResponderExcluir
  3. Parabéns! Muito boa e didática.
    Parecidíssima com a quadrilha que dançava quando criança.
    Fez-me recordar belos momentos vividos na minha saudosa terra Timon/MA .

    ResponderExcluir
  4. Valeu muito Bomm!!
    Adorei seu blog!!
    lindoo ^^

    ResponderExcluir
  5. PROFESSORA EU TAVA PROCURANDO ISSO MESMO !!!!

    PARABENS ... ACHEI !!!!!

    A INTERNET É UM ÓTIMO MECANISMO ...
    SENDO USADA PARA O BEM !!!
    MUITO OBGDO


    MARIO
    MACEIÓ - ALAGOAS

    ResponderExcluir
  6. muito obrigado pois tenho certeza q com essas dicas vou ganhar a gincana da minha escola.brigadao!!!!

    ResponderExcluir
  7. oiii sandra tem como vc mandar como e o casamento caipira e sir vc poder mim ligar 87149925 prciso saber vou fazer uma festa

    ResponderExcluir
  8. oiii vc vai pooder mandar como fazer um casamento caipira ass sabrina

    ResponderExcluir

VOU ADORAR LER SEU RECADINHO.